Paraíba

21/09/2021

Sistema Faepa Senar inicia doação de alimentos da campanha Agro Fraterno

Por: Ascom Sistema Faepa/Senar-PB

Nove produtores rurais do município de Caaporã, no Litoral Sul da Paraíba, foram os primeiros beneficiados pelas doações da campanha Agro Fraterno no estado. Cada um deles recebeu uma cesta básica e hortaliças durante o lançamento oficial da iniciativa nesta segunda-feira, 20, na sede do Sistema Faepa/Senar-PB, em João Pessoa.

Ao todo, a campanha vai distribuir cerca de 200 toneladas de alimento em 50 municípios paraibanos, totalizando 13.060 cestas. Esse total é advindo de doações feitas pela Faepa, pelo Senar Paraíba e pela CNA. Mas empresas do agro e outras instituições também podem participar da campanha através do site www.agrofraterno.com.br.

Durante o discurso, o presidente do Sistema Faepa/Senar-PB, Mário Borba, destacou que esta iniciativa reflete a consciência do compromisso do setor com a população mais necessitada e que tem sido mais fortemente atingida pelos efeitos da pandemia.

Mário Borba, presidente do Sistema Faepa/Senar-PB

“Não era possível que o nosso agro que gera alimento, que gera emprego, que exporta, não pudesse fazer também uma doação aos mais necessitados. Por isso, estamos desenvolvendo essa ação que é uma questão de solidariedade humana com quem está precisando”, resumiu.

Um dos produtores que receberam a ajuda do Agro Fraterno foi o senhor Luis Augusto da Silva, produtor rural no Assentamento Capim de Cheiro. Segundo ele, a produção dele enfrentou alguns problemas ao longo do ano que prejudicaram o orçamento da família, por isso, a cesta básica chegou em momento oportuno.

“O custo de vida está muito caro e essa assistência chegou em muito boa hora. Quero agradecer ao Senar e seus parceiros pelo apoio à nossa comunidade”, afirmou.

Outra produtora que recebeu o benefício foi a senhora Iolanda de Oliveira Monteiro, que também falou sobre as dificuldades que a atividade rural tem enfrentado e seus reflexos na qualidade de vida da família.

Produtora Iolanda de Oliveira recebe cesta básica

“A comercialização dos nossos produtores, seja na feira, ou por meio dos atravessadores está muito difícil. Quando o mercado está mais complicado, eles chegam ditando seus preços. Diante da pandemia e dos desafios que a gente vem vivendo no campo, essa cesta básica vem a somar. Só tenho a agradecer”, defendeu.

O Agro Fraterno na Paraíba é uma ação realizada em parceria com o Sistema OCB/Sescoop-PB. A instituição foi representada pelo superintendente do Sescoop, Pedro D’Albuquerque, que destacou o papel social das instituições que integram esse projeto tanto no nível estadual quanto nacional.

Pedro D’Albuquerque, superintendente do Sescoop-PB

“O papel social é fundamental para as nossas instituições. Esse programa Agro Fraterno simboliza esse ato importante de solidariedade, que é até uma obrigação nossa em relação a necessidades das famílias rurais nesse momento de pandemia. Gostaria de parabenizar a Faepa, mas também dizer que o cooperativismo paraibano está junto com vocês”, disse.

A solenidade de lançamento foi prestigiada pelos colaboradores da Faepa e do Senar-PB. Também estiveram presentes o superintendente do Senar, Sérgio Martins, o vice-presidente do Sistema, Vanildo Pereira, o diretor-secretário da Faepa, Alberto Atayde, e o diretor-tesoureiro, Carlos Alberto Patrício.

Entre as autoridades que acompanharam o lançamento, estavam o prefeito de Alagoa Nova, Francinildo Pimentel, o vice-prefeito, Walfredo Júnior e o secretário de Agricultura da cidade, André Brasil.

Empresários do setor agropecuário do Estado também acompanharam o evento, como o diretor comercial e administrativo da Hortaliças Sempre Verde, Evaldo Costa, e o presidente da Cooperativa Agropecuária de Campina Grande, João de Deus Rodrigues, que também preside o Sindicato Rural de Campina.

Solidariedade - O Agro Fraterno é uma iniciativa da CNA/Senar, OCB e entidades ligadas ao Instituto Pensar Agropecuária (IPA) que, com o incentivo da Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, tem o objetivo de auxiliar as famílias mais atingidas pela pandemia da Covid-19 em todo o país.

O Agro Fraterno no Brasil teve início no mês de junho de 2021. O movimento conta com participação voluntária de produtores, empresas e entidades ligadas ao setor.

Assessoria de Comunicação Sistema Faepa/Senar-PB
(83) 3048-6050 / (83) 3048-6073
facebook.com/faepasenarpb
instagram.com/faepasenarpb
twitter.com/faepasenarpb
youtube.com/faepasenarpb
senarpb.com.br

Veja também