02/05/2016

Sistema Faema/SENAR-MA realiza a primeira etapa do CNA Jovem Estadual

Um grupo de 13 jovens maranhenses de vários municípios participaram neste final de semana da 1ª Etapa do CNA Jovem Estadual. A iniciativa é da Confederação Nacional de Agricultura (CNA), executado no estado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR-MA) e pela Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Maranhão (Faema).

O programa visa desenvolver lideranças para impulsionar o setor agropecuário estadual e é voltado para jovens com idade entre 22 e 30 anos. Durante a preparação, dividida em quatro momentos, os jovens serão avaliados individualmente e coletivamente, com atividades presenciais e a distância, com a construção de planos e ações viáveis e compatíveis à agropecuária. As apresentações dos participantes servirá para avaliar suas habilidades de liderança.

Neste ano, o programa iniciou nos estados para depois ter prosseguimento com a fase nacional, edição do programa CNA Jovem 2016 – Jovens Liderando o Agro. Os três vencedores da etapa estadual, que segue até julho, serão classificados para integrar o CNA Jovem, que acontecerá em Brasília.

Egressos do primeiro CNA Jovem orientam os novos participantes

Agronegócio brasileiro

O início das atividades foi marcado pela apresentação das ações do SENAR-MA pelo superintendente, Luiz Figueiredo, e pelas boas-vindas do presidente do sistema Faema/SENAR-MA, Raimundo Coelho. Também estiveram presentes o gerente de Qualificação Profissional do SENAR e gestor do Programa, Carlos Antônio Feitosa; o assessor da Faema, Paulo Ricardo Belo; e o assessor técnico, César Viana, que deu início às atividades ministrando a palestra "Contextualização do agronegócio brasileiro".

A programação contou ainda com a palestra do superintendente da Faema, José Hilton Coelho de Sousa, sobre o Agronegócio Brasileiro. O seminário foi ministrado pelo consultor do SENAR Brasil, Luiz Felipe Escarlate.

Para o presidente da Faema, Raimundo Coelho, o programa CNA Jovem vem em boa hora, quando prepara os filhos dos produtores rurais para assumir as atividades da propriedade familiar. “Nós, produtores rurais, precisamos de sucessores. Essa é a razão da CNA ter idealizado este programa. É preparar os filhos para assumirem os negócios da família”, disse ele, revelando que ao final de todas as etapas programadas serão escolhidos três jovens que se aperfeiçoarão em Brasília, para serem multiplicadores em seus estados de origem.

O engenheiro de produção Mardson Rogério de Abreu Souza disse que é uma excelente oportunidade, já que ele possui afinidade na área e quer entrar no mercado com bastante conhecimento sobre o setor do agronegócio.

“É uma oportunidade que temos para trocarmos experiência e apendermos mais sobre o mundo do agronegócio”, destacou.

Assessoria de Comunicação Sistema Faema/SENAR-MA
(98) 3232-4452

Veja também