14/11/2019

Senar e Anater lançam projeto Prospera Semiárido para atender 17 mil produtores em 10 estados

Brasília (13/11/2019) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) lançaram o projeto Prospera Agropecuária Semiárido, na quarta (13), em Brasília.

A assinatura do convênio contou com a presença do presidente do Sistema CNA/Senar, João Martins, da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, do diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, do presidente da Anater, Ademar Silva Junior, de autoridades, convidados e integrantes do Sistema CNA/Senar.

“Isso é a concretização de um sonho, levarmos tecnologia com assistência técnica ao meio rural nordestino. Temos milhões de pessoas que vivem na região e precisamos dar a essas pessoas conhecimento para que possam ser competitivas. Hoje é o marco inicial de uma grande mudança do meio rural nordestino”, afirmou o presidente da CNA e do Conselho Deliberativo do Senar, João Martins.

Presidente da CNA, João Martins
Presidente da CNA, João Martins

O projeto pretende aumentar a cobertura de assistência técnica rural, promover e fortalecer as organizações de produtores rurais, desenvolver e agregar valor à produção agropecuária sustentável da região semiárida. Os objetivos estão alinhados com o Programa AgroNordeste, lançado recentemente pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

"Sem assistência técnica não vamos mudar a agricultura brasileira. É um orgulho ter hoje a Anater no Ministério da Agricultura para, junto com o Senar, fazermos a boa assistência técnica. Temos que trabalhar em conjunto porque precisamos dar resultados e renda para esses agricultores que estão lá esperando, com esperança, esse nosso programa”, afirmou a ministra Tereza Cristina. “Nós conhecemos o trabalho do Senar na assistência técnica que realmente dá resultado.”

Ministra da Agricultura, Tereza Cristina
Ministra da Agricultura, Tereza Cristina

"Com esses resultados, queremos mostrar ao governo federal que com a assistência técnica vamos ter pessoas saindo da linha da pobreza no meio rural, produzindo, gerando riqueza e tendo estímulo para melhorar cada vez mais”, frisou Tereza Cristina.

“Estamos assinando o primeiro ato conjunto com a Anater. Com essa parceria, iremos para dentro da propriedade começar uma ação revolucionária de transformação de vidas no meio rural nordestino”, afirmou o diretor-geral do Senar, Daniel Carrara.

Daniel Carrara, diretor-geral do Senar
Daniel Carrara, diretor-geral do Senar

Ao todo, estão previstos mais de R$ 120 milhões em recursos para a execução do Prospera Agropecuária Semiárido. As ações serão direcionadas para pequenos e médios produtores rurais.

“Se considerarmos que em cada propriedade há uma média de seis pessoas, estaremos impactando diretamente e mudando a vida de 100 mil pessoas ao custo de R$ 1.200 em dois anos”, ressaltou Carrara, e finalizou. “O ideal é plantar essa semente no Semiárido, fazer o produtor rural saber que é necessário conhecer sua propriedade com números para tomar as decisões corretas que tragam renda.”

Sistema CNA e Anater assinaram termo de parceria com a presença da ministra da Agricultura.
Sistema CNA e Anater assinaram termo de parceria com a presença da ministra da Agricultura.

O presidente da Anater, Ademar da Silva Jr., destacou que a parceria trará conhecimento para a assistência técnica desenvolvida pela agência porque o Senar tem know-how na área, além do diferencial que é a gestão da propriedade rural.

"É um orgulho assinar esse convênio com o Senar porque a gente sabe que rapidamente os resultados vão aparecer e, mais do que fazer um trabalho conjunto, é levar desenvolvimento para uma região tão carente como o Nordeste”, disse.

Ademar da Silva Jr., presidente da Anater
Ademar da Silva Jr., presidente da Anater

Segundo o presidente da Anater, é preciso levar “tecnologia e conhecimento para que esses pequenos e médios e produtores do Nordeste possam produzir com escala para sobrevivência, mas também para atender o mercado em geral."

O projeto - Entre as metas do Prospera Semiárido estão atender 17.144 produtores de 10 estados da região: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Além disso, o projeto prevê a implantação de controles gerenciais em 100% das propriedades atendidas; apoiar o empreendedorismo, inovação e implantação de tecnologias de gestão, produção e boas práticas agropecuárias e promover o aumento de produtividade e lucratividade das propriedades rurais atendidas.

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Wenderson Araujo
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Região Nordeste

Veja também