14/11/2019

Senar divulga resultados do Projeto ABC Cerrado em Washington

Brasília/DF (14/11/19) – O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) vai apresentar os resultados finais do Projeto ABC Cerrado ao Banco Mundial, em Washington (EUA) na segunda, 18.

Participam da comitiva o diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, a diretora de Assistência Técnica e Gerencial, Andréa Barbosa, a coordenadora de Programas e Projetos da Diretoria de Formação Profissional e Promoção Social, Janei Cristina Resende, e o gestor do ABC Cerrado, Mateus Tavares.

O projeto, desenvolvido por Senar, Ministério da Agricultura, Embrapa com recursos do Fundo de Investimento Florestal (FIP) gerenciados pela instituição financeira, atendeu 7,8 mil produtores rurais em oito estados com capacitação e assistência técnica e gerencial focando na adoção de tecnologias de baixa emissão de carbono.

Os dados fazem parte de um estudo inédito que avaliou os impactos da adoção das tecnologias pelos produtores rurais. De acordo com os resultados, a adoção das tecnologias: Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF), Recuperação de Pastagens Degradadas, Sistema Plantio Direto e Florestas Plantadas permitiu ao produtor incrementar a renda e diversificar a atividade produtiva com conservação ambiental.

O projeto também contribuiu com o aumento da produtividade nas propriedades atendidas. Esse foi o caso da pecuária de corte, que subiu de 0,7 unidade/animal por hectare para 2,5. O ganho de peso dos animais com a renovação da pastagem também aumentou, passando de 400 para 900 gramas/dia.

Além disso, o produtor investiu nas tecnologias de baixa emissão de carbono. A cada R$ 1 gasto pelo ABC Cerrado, o produtor investiu R$ 7 reais em recuperação e R$ 5 reais em manutenção e manejo da pastagem.

Durante cinco anos, o ABC Cerrado recuperou 93,8 mil hectares com adoção direta das tecnologias e o incremento de 192,5 mil hectares de área de vegetação nativa (área de preservação permanente e reserva legal) nas propriedades rurais. Ao todo, mais de 18 mil pessoas foram beneficiadas pelo projeto, entre produtores e familiares, estudantes e técnicos, 54% a mais que a meta inicial de 12 mil.

Além dos resultados, a comitiva do Senar vai se reunir com gerentes do Banco Mundial para fortalecer o relacionamento com a instituição internacional e discutir formas de ampliar o ABC Cerrado para outros biomas brasileiros.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Veja também