28/09/2016

Projeto Biomas é apresentado em Circuito Pecuário do Sistema FAMASUL, em Corumbá

Corumbá/ Mato Grosso do Sul (28/09/2016) -  “O Projeto Biomas no Pantanal visa apresentar ao produtor rural alternativas para utilização da propriedade com enfoque no plantio de árvores, tanto para fins de preservação e conservação como para fins de comercialização”, disse a coordenadora executiva do Projeto Biomas, pela CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, Claudia Rabello, durante o Circuito Pecuário, realizado na última semana, em Corumbá. 

A sustentabilidade da pecuária pantaneira e os desafios do setor produtivo foram destaques do Circuito Pecuário, com a participação de aproximadamente 200 pessoas. Durante o evento, lideranças rurais e políticas falaram também da potencialidade agropecuária no município, no Estado e no País.

A Capital do Pantanal sediou o evento que é realizado pelo Sistema FAMASUL – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, SENAR/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e sindicato rural do município, com o tema ‘Criando oportunidades. Construindo soluções’. “Um dos pilares do Sistema FAMASUL é compartilhar conhecimento”, salientou Saito, reforçando a relevância do evento, que já passou por cinco municípios de Mato Grosso do Sul, contabilizando a participação de mais de 1,5 mil pessoas.

Sobre o Projeto Biomas
O Projeto Biomas, iniciado em 2010, é fruto de uma parceria entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), com a participação de mais de quatrocentos pesquisadores e professores de diferentes instituições, em um prazo de nove anos. Os estudos estão sendo desenvolvidos nos seis biomas brasileiros para viabilizar soluções com árvores para a proteção, recuperação e o uso sustentável de propriedades rurais nos diferentes biomas.
O Projeto Biomas tem o apoio do SENAR, SEBRAE, Monsanto e John Deere. No Pantanal, o Projeto Biomas é coordenado pela Embrapa Pantanal, com o apoio da Embrapa Florestas, e conta com a colaboração das Universidades Federais do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e da Grande Dourados (UFMT, UFMS e UFGD), Universidades Estaduais do MS e MT (UEMS e UNEMAT) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO).

Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul – FAMASUL / Edição CNA
www.famasul.com.br
facebook.com/famasulms
twitter.com/famasulms

Áreas de atuação

Meio Ambiente

Veja também