03/05/2016

Produtoras de Inhapim aprovam curso de Pintura em Tecido e já pensam em renda extra

A técnica pode ser usada para diversão, passar o tempo e, se quiser, até gerar uma renda extra por meio da fabricação de produtos exclusivos. Estas são as opções das 12 participantes do curso de Pintura em Tecido, com técnica voltada para a utilização de moldes vazados e relevo, realizado em Inhapim.

O evento foi realizado pelo SENAR Minas em parceria com a Associação dos Agricultores Familiares de Inhapim, Associação Boa Sorte Pé da Serra e Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Inhapim.

A técnica trata-se da utilização dos moldes vazados fazendo pinturas e decorando objetos com desenhos variados. “Usando a criatividade as participantes do curso podem fazer trabalhos fantásticos e de maneira muito simples. No curso, apresentamos diversas ideias para que elas começassem a produzir”, explicou a instrutora do evento, Fátima Eloísa Meirelles.

Ainda de acordo com a instrutora, as técnicas de moldes vazados e com relevo, podem ser utilizadas não apenas em trabalhos artesanais, mas também de decoração, customização de roupas, bolsas, toalhas e muitos outros artigos. “A todo momento, novas ideias surgem usando o molde vazado como ferramenta. Por exemplo, pintura com relevo. Muitos aplicam pintura com relevo em caixas de MDF com uma técnica muito simples: aplicação de massa com uma espátula antes de pintar”, explica.

Para o mobilizador Murilo Auter Tavares, um dos objetivos da realização do curso em Inhapim é justamente suprir uma carência do mercado. “Essa questão da renda extra não foi o motivo da solicitação, mas depois do encerramento do curso as participantes ficaram entusiasmadas com a beleza do trabalho produzido e já pensam e produzir para comercializar”, disse Murilo.

Assessoria de Comunicação do SENAR Minas
www.senarminas.org.br

Veja também