Goiás

11/09/2019

Plataforma que trabalha cooperação e rastreamento vence Desafio AgroStartup do Senar Goiás na Campus Party

Por: Comunicação Sistema Faeg/Senar

Era tarde de sábado e ainda por cima feriado de sete de setembro, mas as ideias com propósito de facilitar o trabalho do produtor rural não tiraram folga. 13 grupos concorreram a premiação da 3a Edição do Desafio Agrostartup, dessa vez realizada na Campus Party, com o tema: Soluções para a Comercialização de Produtos Agrícolas. O júri foi composto pelo vice-presidente institucional da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), Eduardo Veras, o diretor executivo do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag), Edson Novaes, o coordenador técnico do Ifag, Fernando Borges, o diretor técnico do Sebrae Wanderson Portugal e a empresária Marina Masseroni.

Foram avaliados os quesitos: originalidade, qualidade técnica e execução. “Nós tivemos apresentação de excelentes ideias, grupos que desenvolveram soluções para a ligar o produtor ao mercado com mais facilidade, rastreabilidade, dispositivos que monitoram alimentação do gado, que mede a qualidade do leite, entre outras várias. E a realização dessa terceira edição do Desafio Agrostartup, na primeira Campus Party de Goiânia foi excelente porque é o ambiente da tecnologia e ela está cada vez mais presente no agro”, exemplificou Veras.

Para Fernando Borges, a realização do desafio dentro da Campus Party somou muito. “É um ambiente que respira inovação, tecnologia e é muito interessante trazer o agro para um ambiente com pessoas de outras áreas e ver muita gente se interessando e buscando soluções para as dores dos nossos produtores”, destaca.

Pouco depois das 20h saiu a lista com os vencedores. A premiação foi no Palco principal da Campus Party. Levou 10 mil reais a Startup "Tracking Coop" com uma plataforma que trabalha cooperação e rastreamento para facilitar a venda de produtos de pequenos produtores de frutas e verduras, além de oferecer rastreamento vegetal gratuitamente. O grupo é formado por: Letícia Mendes Azevedo, estudante de agronomia, Danielle Almeida Gomes, funcionária pública, Carlos Henrique Rodrigues Carvalho do Nascimento, consultor de marketing e Henrique de Deus Cardoso, estudante de engenharia da computação

O segundo lugar ficou com a "Puro Leite", que levou 3 mil reais. O grupo criou um dispositivo que consegue ler qualidade do leite em tempo real e tem o objetivo conectar indústria e produtores rurais. Os integrantes são: Lais Cardoso especialista em Marketing, Luana dos Santos, professora universitária, Kayus Gracco, estudante de engenharia mecânica e Juliano Pertto, engenheiro da computação.

A Startup "Negociagro" de Gilmara Roberto, Wanderley Amaral Júnior e Higor Rafael Vaz levou mil reais com um aplicativo pra diminuir atravessadores, onde restaurantes, mercados, lançam suas necessidades e o produtor negocia.

“Foi surpreendente! Conseguimos sair daqui com ideias que atenderam nossas expectativas e agora vamos levar essas vencedoras para o Sistema Faeg Senar e acelerar”, concluiu Pedro Henrique Camilo, diretor de T. I do Senar Goiás.

Comunicação Sistema Faeg/Senar

Veja também