22/10/2019

CNA se reúne com Ministério da Agricultura Chinês

Brasília (22/10/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu na terça (22) com representantes do Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China. O encontro faz parte da missão técnica do Instituto de Relações Governamentais (Irelgov) ao país asiático, com compromissos em Xangai e Pequim.

Durante a visita, foram apresentadas informações estratégicas da produção agropecuária do país, principalmente em relação aos subsídios do governo aos produtores rurais.

“O foco deles é na produção de milho, trigo, feijões (ou sorgo), arroz, batata, frutas e verduras. Soja, por exemplo, eles disseram que podem produzir, mas optaram por importar”, explicou a coordenadora de Relações Internacionais da CNA, Camila Sande.

Segundo ela, toda a cadeia produtiva chinesa recebe apoio. “O mais incrível é como eles fazem as pesquisas para coleta de dados de produção pra saber como e quanto eles vão dar de subsídios. E se o produtor não tiver a produção esperada, eles vão a campo para saber o que aconteceu e se o recurso foi repassado”.

A comitiva da missão também visitou a Embaixada do Brasil na China, onde foi recebida pelo ministro conselheiro, Celso de Tarso.

Visita a Embaixada do Brasil na China

“Foi apresentado o panorama político e econômico do país e as estratégias para oportunidades concretas de negócios com os chineses. Foi uma oportunidade de mostrar o que podemos vender e saber o que eles querem comprar”, disse Camila.

Por fim, o grupo foi à Universidade de Pequim para assistir a palestras sobre a diplomacia chinesa e as políticas públicas. “Adquiri um enorme conhecimento do sistema político e econômico da China, tanto na universidade Pequim, quanto em Shangai. É um país que precisamos entender cada vez mais”.

Para a representante da CNA, os resultados da missão técnica serão importantes para colocar em prática no processo de Internacionalização do Agro, projeto da CNA para inserir pequenos e médios produtores e exportadores do agro no comércio internacional.

“Existe a demanda e estamos aqui para aprender e saber a melhor forma de trazer esses produtos para cá”, concluiu Sande.

O objetivo da missão, que segue até sexta (25), é trocar experiências com representantes do país asiático em Xangai e Pequim.

Visita a Universidade de Pequim

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Relações Internacionais

Veja também