Paraná

13/09/2018

CNA levanta custos de produção da aquicultura no Paraná

Brasília (13/09/2018) – Técnicos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP) e a equipe do Pecege/Esalq concluíram os levantamentos de custos de produção de tilápia em tanque escavado nos municípios de Palotina e Toledo, no Paraná.

Produtores, representantes de sindicatos rurais, técnicos de assistência, representantes de cooperativas e extensão rural participaram dos levantamentos das informações nos painéis do Projeto Campo Futuro da CNA.

De acordo com a assessora técnica da Comissão Nacional de Aquicultura da CNA, Lilian Figueiredo, nos municípios de Palotina e Toledo foi constatado que a aquicultura vem se desenvolvendo bastante, principalmente pela presença de duas fortes cooperativas no estado, a C. Vale e a Copacol, o que fez com que mais produtores entrassem no negócio visando abastecer estas indústrias.

CNA levanta custos de produção da aquicultura no Paraná

“Apesar do rápido crescimento da atividade na região, hoje os produtores enfrentam grandes problemas com a queda no preço de venda da tilápia, que até o ano passado chegava a R$ 4,40/kg e hoje não passa de R$ 4,00/kg, independente se é vendido diretamente ao mercado ou para as cooperativas, sem o processo de integração”.

Segundo a assessora, dados preliminares indicam que neste preço de venda, a renda do produtor fica prejudicada e são necessárias medidas para reduzir o custo operacional, como a compra conjunta de ração por um melhor preço e intensificação no manejo dos animais, o que pode refletir em uma melhor conversão alimentar.

“A região é caracterizada pelo policultivo. As propriedades não são exclusivas para o cultivo de tilápia. Muitas produzem aves, suínos e soja ou milho como atividades complementares e isso pode justificar a permanência da tilápia na propriedade, mesmo com o atual baixo preço de venda”, explicou Lilian.

Estes foram os últimos painéis de aquicultura de 2018. Os técnicos já passaram por Mato Grosso e Tocantins.

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419
cnabrasil.org.br
senar.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Aquicultura

Veja também