11/08/2016

CNA lança Guia de Seguros Rurais e Proagro durante o Fórum Nacional "O Futuro do Seguro Rural do Brasil"

Brasília (11/08/2016) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Federação de Agricultura do Estado do Paraná (FAEP), com a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg) e com a Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Ocepar), lançou, nesta segunda-feira (08/08), em Curitiba (PR), durante o Fórum Nacional “O Futuro do Seguro Rural no Brasil”, o Guia de Seguros Rurais e Proagro (Programa de Garantia da Atividade Agropecuária). 

O documento explica os aspectos operacionais do seguro agrícola, com foco no entendimento dos produtores rurais usuários dos produtos de seguro. Na publicação, são apresentadas as modalidades de seguros rurais disponíveis no Brasil e como funcionam, o que o produtor deve fazer em caso de sinistro, como é apurado o prejuízo e como ocorre o recebimento da indenização, bem como as regras do Programa de Subvenção ao Prêmio de Seguro Rural. 

Para a assessora técnica da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, Fernanda Schwantes, a cartilha traz de forma resumida e didática o que o produtor precisa saber para escolher e contratar a apólice de seguro mais adequada à sua atividade e, nesse sentido, é muito importante. “A atividade agropecuária é extremamente sensível às condições climáticas e, para a proteção adequada dos efeitos das intempéries sobre a produção, o produtor precisa conhecer os melhores produtos disponíveis no mercado de seguros e os procedimentos a serem seguidos em caso de ocorrência de um sinistro”, explicou.  

Fernanda Schwantes esteve no Canal do Produtor TV falando sobre o tema:

Mais informações sobre o Guia no link: www.cnabrasil.org.br/seguro-rural

Fórum Nacional – O evento teve a presença de 250 pessoas, entre produtores rurais e lideranças sindicais, representantes de seguradoras e resseguradoras, técnicos das federações e entidades representativas de produtores e cooperativas, corretoras de seguros, agentes financeiros, governos estaduais e federal. O objetivo do Fórum foi compartilhar conhecimentos e debater o seguro rural com os atores desse mercado. 

Durante o evento, representantes do Banco Mundial e da Consultoria MBAgro discutiram os fatores que tornam a gestão integrada de riscos agropecuários tão complexa, o que demanda a intervenção governamental, como acontece em países em que o seguro rural já é utilizado de forma mais amadurecida. 

Também ocorreram apresentações de representantes do governo federal e dos estados do Paraná e São Paulo, que apresentaram o programa de subvenção ao prêmio de seguro rural no âmbito de cada governo.  Em seguida, foi realizada uma apresentação sobre tendências climáticas no Brasil para a safra 2016/2017, com destaque para o fato de que o Brasil já está sob influência do fenômeno climático La Niña. 

Como parte do Fórum, três especialistas em seguro rural apresentaram, de forma didática, o funcionamento das diferentes modalidades de seguro agrícola, de florestas, de frutas e seguro pecuário, com dicas sobre a contratação de seguros agrícolas, demonstração das condições das apólices, simulador de contratação e de indenizações, peritagens e orientações sobre os diretos e deveres das seguradoras e dos produtores. 

Após todas as palestras e debates no Fórum, o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, ressaltou alguns encaminhamentos para a melhoria do mercado, como a necessidade de previsibilidade orçamentária para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural; além da necessidade de sensibilizar a área econômica do governo sobre a importância da política de seguro e seus impactos sobre a renegociação de dívidas e a necessidade de capacitar mais produtores e agentes do mercado sobre os aspectos operacionais do seguro, por meio de mais eventos como esse Fórum realizado no Paraná. 


Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109 1419
cnabrasil.org.br
canaldoprodutor.tv.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA 
instagram.com/SistemaCNA

Veja também

Produtor, neste momento de crise em razão do coronavírus, você não está sozinho. Clique aqui e fale com nossos técnicos.