19/07/2019

CNA e órgão de pesquisa da Austrália debatem soluções tecnológicas para o agro

Brasília (19/07/2019) – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e representantes da Organização de Ciência e Pesquisa Industrial da Comunidade das Nações (CSIRO) se reuniram na quinta (18), em Brasília, para debater soluções tecnológicas para o setor agropecuário brasileiro.

A CSIRO é o órgão nacional de pesquisa na Austrália e possui mais de 5 mil pesquisadores em todo o mundo que atuam no desenvolvimento de tecnologias inovadoras para diversos setores, como indústria, comércio e agricultura.

No encontro, a superintendente técnica-adjunta da CNA, Natália Fernandes, falou sobre a atuação da Confederação em defesa dos interesses dos produtores rurais e como ela pode atuar em parceria com a CSIRO na área de pesquisa.

O diretor executivo da CSIRO no Chile, Orlando Jiménez, apresentou a experiência australiana em inovação e soluções práticas na produção pecuária, agricultura digital, indústria alimentícia, aquicultura e horticultura.

“Há muitas oportunidades a serem exploradas no Brasil, principalmente na região semiárida. E com a colaboração internacional, nossa pesquisa pode ajudar a melhorar a produtividade, a lucratividade e a sustentabilidade na produção agrícola e pecuária”.

O diretor do Programa de Oceano e Atmosfera da CSIRO Chile, Jonathan Hodge, destacou as ações do grupo de engenharia de óleo vegetal e a tecnologia Blockchain (rede que registra vários tipos de transações na internet) como ferramenta para simplificar a transição entre produtores e varejo.

Segundo a assessora de Relações Internacionais da CNA, Bárbara Lopes, ao final do encontro ficou definido que a CNA vai elaborar uma agenda com três propostas do setor rural brasileiro que estejam alinhadas com as áreas de pesquisa e tecnologia da agência australiana.

Também participaram da reunião o diretor de pesquisa do Programa Terra e Água da CSIRO Chile, Edmundo Claro, o cientista de Agricultura e Alimentação da CSIRO, Xue-Rong Zhou, a coordenadora de Produção Animal da CNA, Lilian Figueiredo, o coordenador dos Protocolos de Rastreabilidade de Adesão Voluntária do Instituto CNA, Paulo Vicente Costa, os assessores técnicos da CNA Thiago Rodrigues e Gustavo Goretti, a assessora técnica do Instituto CNA, Ana Mera e o coordenador técnico de Assistência Técnica e Gerencial do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Eduardo Gomes.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
Foto: Wenderson Araujo
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Relações Internacionais

Veja também