25/09/2019

CNA divulga resultado preliminar do Forrageiras para o Semiárido no Agrinordeste

Brasília (25/09/2019) – A CNA apresentou na quarta (25) os resultados preliminares do projeto Forrageiras para o Semiárido em painel no 27º Agrinordeste, em Olinda (PE).

“Foi bastante interessante mostrar os primeiros resultados do projeto para que o público local conseguisse ver o que já temos de respostas para a realidade deles”, afirmou Ana Carolina Mera, assessora técnica do Instituto CNA.

O Forrageiras está presente em todo o Nordeste e na região norte de Minas Gerais, com 13 Unidades de Referência Tecnológica (URTs). O projeto é uma parceria com a Embrapa e visa avaliar o potencial produtivo e a adaptação das plantas forrageiras às condições climáticas do semiárido.

Ana Mera apresentou os resultados obtidos nas URTs que tiveram precipitação acumulada abaixo de 800 milímetros durante o ano de 2018. Segundo ela, apesar de serem dados ainda preliminares, é possível ter um indicativo de quais espécies se adaptam melhor à região.

“A variedade de milho bandeirante apresentou a melhor produtividade quando comparada às demais culturas anuais, como sorgo e milheto. Em relação às gramíneas perenes, os capins massai e tamani foram os mais produtivos. No caso das cactáceas, a melhor produtividade foi da orelha de elefante mexicana, que produziu em torno de 72 toneladas/ha de matéria verde.”

Os dados são da unidade localizada em São João (PE), que em 2018 registrou 287 mm de precipitação. A assessora técnica lembrou que ainda é preciso concluir o projeto para fazer as recomendações finais de uso e manejo das espécies.

Este ano, o Forrageiras para o Semiárido realizou 11 dias de campo nas unidades de referência. Mais de mil pessoas, entre produtores, estudantes e técnicos conheceram o andamento das pesquisas.

Assessoria de Comunicação CNA
Fotos: Ivandélio Sousa
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
cnabrasil.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil

Áreas de atuação

Região Nordeste

Veja também