02/05/2016

Administrador vê no Curso Técnico em Agronegócio do SENAR uma nova oportunidade para empreender e crescer

Administrador público e projetista em Barra Mansa, no Rio de Janeiro, Evaldo Medeiros se prepara para dar uma guinada em sua vida profissional. Atuando desde mais jovem  no segmento industrial, forte na região, Evaldo agora vê um novo leque de oportunidades se abrindo para ele no agronegócio.

“O Sul Fluminense é conhecido por ser um polo industrial, mas no passado era chamado Vale do Café. E agora, o agronegócio está voltando a crescer na região”. Preocupado com o momento econômico no País, Evaldo vê na agropecuária uma alternativa de investimento com retorno certo. “É um segmento crescente já há anos e, mesmo com a crise, atinge índices positivos com projeções de seguir avançando. Então comecei a pesquisar mais sobre ele e, como o acesso à uma nova área é o conhecimento acabei chegando ao SENAR”.

Evaldo é aluno do Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), cursando já o 2º período. A cada etapa, seu entusiasmo pelo campo aumenta. “O curso é excelente, te faz pensar em empreender.  Descobri um mercado que não conhecia, um campo de atuação vasto, muito mais amplo e moderno do que eu imaginava”.

Foco na produção e também na gestão

O Curso Técnico em Agronegócio, oferecido pelo SENAR em parceria com o Ministério da Educação (MEC) tem como foco justamente em formar profissionais bem preparados para tornar o setor agropecuário brasileiro ainda mais eficiente e competitivo. Com atuação mais ampla que o técnico agrícola, o técnico em agronegócio atua não apenas na produção, mas também na gestão da empresa agrícola e no mercado.

Além de ser totalmente gratuito, o curso tem também a vantagem de ser em grande parte a distância. Oitenta por cento das aulas ficam disponíveis no portal http://etec.senar.org.br/. Os vinte por cento de aulas presenciais, assim como as provas, acontecem nos polos de apoio da rede, já espalhados por 62 localidades nos estados do Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins, além do Distrito Federal.

“A flexibilidade de horários é, sem dúvida um importante diferencial nesse curso. A modalidade semipresencial permite que o aluno se organize para as atividades. Mas como Evaldo  faz questão de enfatizar, a distância entre aluno e escola fica apenas na definição da modalidade de ensino. “Os tutores são muito presentes no AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem), tanto para solucionar dúvidas quanto nas notificações das atividades agendadas”.

Para Evaldo, o nível  do Curso Técnico em Agronegócio do SENAR chega a ser surpreendente. “A qualidade do conteúdo e do material didático é impecável e me deparei com profissionais extremamente qualificados. Os tutores são diferenciados, têm o pleno domínio dos temas abordados e conseguem transmitir o conhecimento de forma clara e objetiva, dando dinamismo às aulas. Essa iniciativa do SENAR é essencial para a evolução do agronegócio”. 

Alto nível didático

 

“O curso me qualifica para atender melhor o meu público”

Bióloga, pós-graduada em Educação Ambiental e Técnica em Agropecuária, Ana Alice Frasil concorda plenamente com o colega. Aluna do polo de Sumidouro da Rede e-Tec Brasil no SENAR, ela também faz uma avaliação bastante positiva do Curso Técnico em Agronegócio. “É de alto nível didático. Os monitores e tutores são excelentes profissionais e acrescentam muito ao nosso crescimento e o que eu mais aprecio é a grade curricular, que amplia nosso leque de vertentes de oportunidades ”.

Trabalhando como supervisora de campo na administração pública, Ana Alice presta assistência técnica a  pequenos produtores familiares. “Este curso me qualifica para atender melhor o meu público. Eu tenho como premissa que sou o veículo entre o pequeno produtor e as novas tecnologias que facilitam e melhoram sua vida. Conhecendo bem a cadeia do agronegócio eu amplio a possibilidade de contribuir para o crescimento do pequeno produtor rural em meu município”

Assessoria de Comunicação do SENAR
(61) 2109-4141
www.senar.org.br
www.facebook.com.br/SENARBrasil
www.twitter.com/SENARBrasil

Veja também