12/02/2016

ABC Cerrado quer capacitar mais de 4 mil produtores no primeiro semestre

O Projeto ABC Cerrado, que visa a disseminar práticas de agricultura de baixa emissão de carbono na região do bioma, iniciou a etapa de mobilização dos produtores rurais e técnicos agrícolas para participarem de cursos de capacitação em tecnologias do ABC. De acordo Mateus Moraes Tavares, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e coordenador técnico do projeto, para o primeiro semestre de 2016 estão previstas a capacitação de 4.200 produtores nos oito estados que compõem a iniciativa (Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, Piauí, Maranhão e o Distrito Federal). “Neste momento e até o final do projeto em 2017, a participação dos produtores dos oito estados é fundamental”, disse Tavares.

O ABC Cerrado é executado pela parceria entre SENAR, Ministério da Agricultura (Mapa) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), com recursos do Banco Mundial. O Senar é responsável pela formação de produtores e técnicos para quatro das seis tecnologias previstas no Plano de Agricultura de Baixo Carbono (ABC) – a recuperação de pastagens degradadas, a integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF), o plantio direto e florestas plantadas.

Segundo Sidney Almeida de Medeiros, do Departamento de Sistemas de Produção e Sustentabilidade (Depros) do Mapa, os dois principais objetivos do Projeto ABC Cerrado são capacitar 12.000 produtores rurais e técnicos a prestar assistência técnica a 1.600 produtores localizados no bioma Cerrado até 2017. O conteúdo dos cursos será baseado nos benefícios produtivos, ambientais e econômicos na utilização de tecnologias sustentáveis de produção agropecuária. “O projeto encontra-se em execução há um ano e, nesse período, foram realizados trabalhos de preparação de material didático, seleção e treinamento de instrutores e definição da metodologia de avaliação de impacto”, explicou.

Até o fim do projeto, está prevista a formação de 600 turmas com carga horária de 56 horas, divididas em quatro módulos. Os cursos são gratuitos e poderão ter até dois meses de duração. As inscrições estão abertas no site ou no sindicato do produtor rural do município. “É muito importante o produtor ficar atento às inscrições porque as vagas são limitadas”, ressaltou Tavares. A inscrição pode ser realizada pelo site www.senar.org.br.

Além das capacitações, a partir de julho deste ano, o ABC Cerrado vai oferecer assistência técnica e gerencial das propriedades rurais. Esta fase, segundo o coordenador técnico, será realizada em cinco dos oito estados beneficiários (Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Tocantins e Maranhão).

Fonte: Observatório ABC - Texto: Talise Rocha

Veja também