Preços de fertilizantes nas regiões produtoras de grãos caem em outubro, mas patamar segue elevado

A forte desvalorização de 8,3% do dólar frente ao Real em outubro pressionou os valores dos fertilizantes negociados nas principais regiões produtoras de grãos do Cerrado e do Sul do Brasil, que são acompanhadas pelo Projeto Campo Futuro, realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP. Veja análise completa. 

Áreas de atuação

Cereais, Fibras e Oleaginosas

Veja também