PIB do Agronegócio estabiliza no terceiro trimestre e setor cresce 10,79% de janeiro a setembro

Por: Diretoria Técnica da CNA

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro, calculado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), teve desempenho modesto no terceiro trimestre, com crescimento de apenas 0,4%. Com isso, o setor acumulou alta no PIB de 10,79% de janeiro a setembro.

Como nos trimestres anteriores, entre os segmentos do agronegócio, o primário e o de insumos mantiveram destaque no terceiro trimestre, embora com desaceleração do crescimento para o primário. Com isso, esses segmentos também foram destaques no acumulado do ano. Já a agroindústria e os agrosserviços tiveram recuo no PIB no trimestre, mas ainda acumulam crescimento no ano.

Pela perspectiva dos ramos do agronegócio, os cenários continuaram opostos, tanto no trimestre quanto no ano.

Áreas de atuação

Núcleo Econômico

Veja também