IPCA sobe 0,53% em junho, puxado pela alta da energia elétrica

Por: Diretora Técinica

A inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desacelerou o crescimento para 0,53% em junho, depois de registrar alta de 0,83% em maio. Em junho de 2020, a taxa mensal foi de 0,26%.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE, apenas comunicação registrou queda no mês. A maior contribuição para a alta do IPCA veio do grupo habitação (1,10%) em razão, especialmente, do aumento no preço da energia elétrica (1,95%). Em junho, passou a valer a bandeira tarifária vermelha patamar 2, que tem o custo adicional de R$ 6,23 para cada 100kWh consumidos, o que contribuiu significativamente para o aumento. Ressalte-se que em maio a variação dos preços da energia elétrica foi bem superior (5,37%), apesar da bandeira tarifária vigente ser a vermelha patamar 1, com custo adicional de R$ 4,169 para cada 100kWh. Isso ocorreu em razão dos reajustes tarifários autorizados para muitas concessionárias, que passaram a valer a partir de maio.

Áreas de atuação

Núcleo Econômico

Veja também