ASSOCIAÇÕES DE CRIADORES / EMPRESA DETENTORA

Há mais de 10 anos a CNA vem trabalhando junto ao Governo Federal na criação da base jurídica para a implantação de sistema de rastreabilidade que dê garantias adicionais aos mercados consumidores.

Desses esforços surgiram os Protocolos de Rastreabilidade de Adesão Voluntária que permitem, a partir de demanda dos consumidores, a agregação de valor para todos os elos da cadeia da carne.

Com a prerrogativa de realizar a gestão dos protocolos de rastreabilidade assegurada pelo Decreto 7.623/2011 a CNA vem oferecer aos produtores, às Associações de Criadores e às empresas interessadas em atender nichos de mercado uma plataforma informatizada customizável e que promove a transparência de informações desde a propriedade até a mesa do consumidor. Tudo isso, com base jurídica sólida e com a presença do Ministério da Agricultura, responsável pela fiscalização e auditoria de todos os processos.

Já para as Associações de Criadores, a CNA promoveu conquista ainda maior e por meio do Ofício Circular 11/2015, assegurou que a rotulagem de carnes com especificação da raça deve obrigatoriamente seguir as especificações definidas em processo de certificação definido pela Associação. Assim a CNA criou uma nova oportunidade de negócios para as Associações de Criadores no Brasil.

Contatos:

Supervisor dos Protocolos de Rastreabilidade: Paulo Vicente Costa
Telefone: 061 – 2109-1609
Assessora Técnica dos Protocolos de Rastreabilidade: Danielle Tamara Schneider
Telefone: 061- 21091437
E-mail: rastreabilidade@cna.org.br