Região Nordeste

A CNA trabalha em prol do desenvolvimento da agropecuária na região Nordeste do Brasil. Na estrutura da CNA, a Comissão Nacional de Desenvolvimento da Região Nordeste coordena as ações que podem beneficiar essa região, propõe soluções e promove articulações junto ao Poder Executivo, Legislativo e aos demais órgãos e entidades do setor. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) fomenta a capacitação e presta assistência técnica e gerencial na propriedade rural. Explore as ações relacionadas ao Desenvolvimento da Região Nordeste do Brasil e saiba mais sobre o que o Sistema CNA está fazendo pelo produtor rural.

A Comissão Nacional da Região Nordeste do Brasil é formada por representantes das nove Federações de Agricultura e Pecuária que compõem essa região.

A Comissão dedica-se a discutir problemas institucionais na região nordeste, cuja inexistência e inadequação de políticas públicas de crédito, alinhadas à falta do seguro rural e insuficiência de programas de transferências de tecnologias voltadas à convivência com a seca, prejudicam o desenvolvimento rural.

O objetivo principal da Comissão é promover ações para o desenvolvimento econômico e social dos produtores na região Semiárida do Brasil, participando ativamente das discussões e decisões da política agrícola da região, visando melhoria nas condições de produção e aumento de renda dos agricultores.

Comissão Nacional de Região Nordeste

Relato das ações da Comissão

  • Fomento a capacitação dos produtores e acesso à assistência técnica através do Programa Sertão Empreendedor do Senar.
  • Elaboração de políticas públicas para o setor;
  • Atuação junto ao legislativo em defesa de projetos que favoreçam o setor;
  • Propostas de crédito específicas para a região do Semiárido Nordestino;
  • Fortalecimento da cultura do cooperativismo e associativismo;
  • Desenvolvimento junto à Codevasf e ao Ministério da Integração de Programas de Reserva Estratégica de Água, com uso de recursos hídricos para produção agropecuária de projetos como o da transposição do Rio São Francisco;
  • Gestão junto ao Ministério de Minas e Energia para melhorias no fornecimento da qualidade e quantidade de energia para a região do semiárido;

Resultados Alcançados

  • Conclusão da “Análise Estratégica Situacional para a Atuação da Comissão da Região Nordeste do Brasil”, o documento, que serve para nortear as ações da Comissão, foi concluído após levantamentos realizados nas Federações de Agricultura da região nordeste;
  • Apresentação e entrega à Ministra da Agricultura do documento: “Contribuições do Sistema CNA/Senar para Reinserção Produtiva e Econômica dos Estabelecimentos Rurais do Nordeste”;
  • Viabilização do milho para o Programa de Venda em Balcão da Conab.

Membros

Representante Federação UF
Aline De Freitas Veloso FAEMG MG
Álvaro Arthur Lopes De Almeida FAEAL AL
Braulio Augusto Lira Vieira FAESE se
Domingos De Lelis Filho FAEPA PB
Elisângela Pereira Lopes CNA DF
Evandro Vasconcelos Holanda Júnior EMBRAPA -
Flávio Saboya FAEC CE
Francisco Edilson Maia Da Costa FAEAL AL
Humberto Miranda Oliveira FAEB BA
Ivan Apostolo Sobral FAESE se
José Alvares Vieira FAERN RN
José Avelino Pereira Neto FAEMG MG
José Hilton Coelho De Souza FAEMA MA
Luiz Cláudio Souza Macedo FAERN RN
Marina Ferreira Zimmermann CNA DF
Mário Antônio Pereira Borba FAEPA PB
Pedro Carlos Gama da Silva EMBRAPA SEMIÁRIDO -
Pio Guerra Junior FAEPE PE
Raimundo Coelho De Sousa FAEMA MA
Sérgio Oliveira Da Silva FAEC CE

Participação em fóruns, Câmara Setorial ou Grupos de Trabalho

Participação em fóruns, Câmara Setorial ou Grupos de Trabalho

2019 – 1º semestre

Busca de parcerias internacionais para inovação na pecuária nordestina

Foram iniciadas tratativas com as Embaixadas da Austrália e Israel para o desenvolvimento do setor agropecuário na região Nordeste do Brasil. A CNA participou da assinatura do Memorando de Entendimento entre a EMBRAPA e a CSIRO (órgão nacional para pesquisa científica na Austrália), o qual prevê o intercâmbio de conhecimento entre as entidades de pesquisa.

Além disso, a CNA está buscando pastagens resistentes ao estresse hídrico e tecnologias de dessalinização da água do mar que possam ser utilizadas na região Nordeste.

Apoio ao desenvolvimento de colheitadeira de campo para palma forrageira

A CNA está apoiando a empresa Sofien, de Campinas/SP que está desenvolvendo uma colheitadeira para palma forrageira. O início de execução do projeto físico será definido nos próximos meses, quando será possível informar quando a tecnologia estaria disponível aos produtores.

Publicado o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a palma forrageira nos estados da região Nordeste, além de MG e ES

No primeiro semestre foram publicadas as portarias para o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) para a cultura da palma forrageira nos estados que compõem a região de abrangência da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), por solicitação da CNA. O estudo e publicação do Zarc, instrumento de avaliação de risco da cultura, fortalecerá o sistema produtivo na região semiárida brasileira.

Fortalecimento da parceria entre a CNA/SENAR e BNB

A CNA, em colaboração com o Banco do Nordeste (BNB), iniciou a capacitação de técnicos das Federações Estaduais de Agricultura e Pecuária para a elaboração de projetos de contratação de operações de crédito para os produtores rurais. Trata-se de iniciativa prevista no acordo de cooperação entre a CNA e o BNB para promover o desenvolvimento da agropecuária na região de abrangência da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Participações

CONSELHO CONSULTIVO DO CAMPUS TECNOLÓGICO REGIONAL PARA O NORDESTE (MCTI)
CONSELHO DELIBERATIVO DA SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE – (SUDENE)
GRUPO DE TRABALHO DO FUNDO CONSTITUCIONAL DE FINANCIAMENTO DO NORDESTE (INTEGRAÇÃO)


Notícias

Vídeos