Central de Comunicação //

13/03/2018

Maior demanda eleva cotações da soja no Brasil

Por Avicultura Industrial

Em análise semanal, os pesquisadores do Cepea afirmam que os valores do complexo soja estão em alta no mercado brasileiro, devido à quebra na produção Argentina, à firme demanda externa pela oleaginosa nacional e à maior procura doméstica por farelo de soja.

Segundo os dados, no acumulado de março, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) subiu 1,67%, a R$ 79,68/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 9. No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná registrou alta de 2,37%, a R$ 73,94/sc de 60 kg no dia 9. Segundo dados do USDA, a produção na Argentina está estimada em 47 milhões de toneladas, expressivos 18,7% inferior à projeção anterior e o menor volume desde a temporada 2011/12.

Veja também