Central de Comunicação // CNA

12/04/2018

GT de Sanidade debate controle e inspeção de produtos de origem animal

Brasília (12/04/2018) – Representantes do Grupo Técnico de Sanidade Animal da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniram na quarta (11), em Brasília, para debater ferramentas de fiscalização e inspeção de produtos de origem animal.

Um dos assuntos do encontro foi a reestruturação da cadeia de comando e controle do Serviço de Inspeção Federal (SIF). No antigo formato, cada uma das superintendências dos 26 estados e do Distrito Federal era responsável pela inspeção dos estabelecimentos independente da quantidade de locais analisados.

Agora, com a nova portaria do Ministério da Agricultura, haverá 10 regionais que farão esse controle em todo o país.

“O que acontecia era que enquanto um comando estadual fiscalizava dois estabelecimentos, outro inspecionava 300. Foi feita uma reestruturação e redistribuição do serviço”, afirmou o coordenador do Grupo Técnico de Defesa Sanitária da CNA, Decio Coutinho.

O diretor do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura (Dipoa/MAPA), José Luis Vargas, explicou que a mudança faz parte de uma reforma do SIF. “O objetivo é harmonizar os procedimentos de inspeção, trazer mais celeridade aos trabalhos e prestar um melhor serviço à sociedade brasileira”.

A chefe da Divisão de Sanidade de Moluscos e Crustáceos do MAPA, Isabella Fontana, apresentou o aplicativo “Pec. Saúde Animal” para smartphones e tabletes, que traz um banco de dados sobre a legislação sanitária nacional e internacional, além de disponibilizar um espaço para produtores, técnicos e veterinários notificarem suspeitas de doenças e enfermidades nos rebanhos.

Também foi abordado no encontro o novo Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), que controla e fiscaliza o trânsito de produtos de origem animal, vegetal e insumos. O coordenador-geral do Vigiagro, Fernando Mendes, disse que o sistema terá um novo manual, uma nova plataforma tecnológica e uma outra forma de fiscalizar.

“Esse é um reposicionamento da fiscalização do Vigiagro para otimizar nossa atuação. A partir de hoje (12), toda operação de exportação de carne será usuária desse novo regramento”.

Assessoria de Comunicação CNA/SENAR
Telefone: (61) 2109 1419

cnabrasil.org.br
senar.org.br
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
twitter.com/SENARBrasil
facebook.com/SENARBrasil

Veja também